Qual é o som da sua marca?

É comum realizarmos várias tarefas ao mesmo tempo dentro de nossas casas, não é mesmo? Você responde um e-mail...

É comum realizarmos várias tarefas ao mesmo tempo dentro de nossas casas, não é mesmo? Você responde um e-mail do trabalho, participa de uma reunião, fica de olho no almoço que está no fogão e ligado na TV da sala.

Mas enquanto nossa atenção visual está totalmente direcionada para uma tarefa em específico, nossa audição nos ajuda a cuidar de todo o resto. E quantas vezes um som vindo da TV ou do rádio tomou toda a sua atenção? Anúncios promocionais, chamadas de jornal, propagandas de TV… Todos possuem uma maneira específica de atrair a atenção através da utilização de recursos sonoros.

Um exemplo simples, rápido e prático para entendermos o poder de uma assinatura sonora é a famosa chamada do “Plantão da Globo”: Vinheta “Plantão” da Globo (2014)

Essa vinheta passou por várias mudanças desde a sua primeira utilização, em 1984, mas a estrutura principal da trilha se manteve a mesma por todos esses anos.

O poder de chamar a atenção do público utilizando um som específico e, automaticamente, fazer com que o mesmo faça a relação entre o som e a marca é um diferencial importante que grandes empresas usam e abusam para gravar e reforçar a sua presença na rotina do seu público-alvo. Outro ótimo exemplo é a Coca-Cola que sempre utiliza um tons alegres e inspiradores em suas campanhas audiovisuais: Coca-Cola’nın olduğu her yer bizi bir araya getiren bir sofraya dönüşür.

Como criar a assinatura da minha marca? 

A identidade sonora de uma marca pode partir de algo simples, como a logomarca, por exemplo, e seguir em direção a um conteúdo mais completo e complexo. Alguns pontos importantes para se considerar durante o processo criativo de desenvolvimento de uma identidade sonora são:

  • Assinatura sonora: adicionar o slogan, um efeito sonoro e elementos que  sempre acompanham a assinatura audiovisual da marca;
  • Tema da marca: utilize sempre a mesma trilha, é importante que ela seja criada especialmente para a sua marca e esteja sempre ligada à sua logomarca. A pensar tudo isso de maneira estratégica os elementos passam a complementar um ao outro;
  • Trilha sonora: Músicas compostas, ou pesquisadas, em vários gêneros musicais diferentes. A seleção dessas músicas precisa ser feita de maneira direcionada para que não fuja dos elementos sonoros da marca. O objetivo é sempre criar uma ligação entre as trilhas e a assinatura;
  • Padrão e direcionamento vocal: A grande maioria dos anúncios possuem alguma forma de locução. O direcionamento vocal serve justamente como orientação no momento de gravar o material. Voz feminina? Masculina? Tons alegres, sérios, motivacionais? Saber direcionar corretamente a equipe de gravação da locução.

Todos esses elementos precisam estar em harmonia em todos os momentos. Da mesma forma que a identidade visual de uma marca organiza e utiliza seus elementos buscando sempre facilitar e reforçar a identificação por parte do público-alvo, a identidade sonora possui o mesmo objetivo.

E você, já pensou na assinatura sonora da sua marca? Para colocar em ação agora mesmo, contem com a Jobs X! Possuímos Xquad’s que buscam sempre entender o que o seu negócio precisa para decolar. E para mais conteúdos como esses, não deixe de seguir a gente nas redes sociais: Instagram, Facebook e LinkedIn.

Escrito por:

Tom Pedroso

Equipe de Customer Success

Tudo é logotipo? Conheça as diferenças!

Você já deve ter reparado que muitas marcas são...

Qual é o som da sua marca?

É comum realizarmos várias tarefas ao mesmo tempo dentro...

Fique por dentro do nosso mundo X