O que é ciclo de vida do cliente?

O ciclo de vida do cliente é algo que vem sendo muito comentado no mundo do marketing e vendas,...

O ciclo de vida do cliente é algo que vem sendo muito comentado no mundo do marketing e vendas, porém, por ser um assunto novo, ainda tem muita gente que não entende o que ele é exatamente.

Bom, o ciclo do cliente é a experiência por completa do cliente com sua marca. Para que seja possível pensar nisso, precisamos adotar técnicas e estratégias que nos permitam entender melhor o que deve ser feito em cada etapa do relacionamento cliente x empresa.

O ciclo do cliente começa, desde o primeiro contato dele com sua marca até o pós venda, que é quando ele já comprou o seu produto ou serviço. Para que fique mais fácil o entendimento sobre o assunto, separamos algumas informações essenciais. Confira:

PRIMEIRO: o que é ciclo de vida do cliente?

O ciclo de vida do cliente representa as etapas que o consumidor passa ao longo de sua jornada de relacionamento com a empresa.

Na prática, é a forma que utilizamos para acompanhar os diferente estágios em que seu público se encontra. É onde definimos a forma de agir em cada um dos momentos, pois cada estágio exige uma atenção diferenciada e um comportamento distinto, gerando mais valor para a marca e garantindo maior satisfação do cliente.

SEGUNDO: Quais são esses estágios?

Agora que entendemos o que é o ciclo de vida do cliente, precisamos entender quais são os estágios que ele passa no decorrer da sua jornada.

SEGMENTAÇÃO
A primeira etapa é o momento em que entendemos mais sobre o comportamento, desejos e objeções do nosso público-alvo. Aqui, a empresa ainda não sabe muito bem quem deseja conquistar, por isso é realizado um estudo mais aprofundado.
Com a segmentação bem definida, conseguimos definir estratégias que atinjam diretamente quem desejamos, conversando melhor com os clientes e impactando-os de formas mais assertiva.

AQUISIÇÃO
Agora que definimos a persona do seu negócio e entendemos qual é seu comportamento, é hora de buscar leads para sua empresa. Leads são potenciais clientes, ou seja, pessoas que tem o perfil de compra do seu negócio.

Com as informações coletadas na segmentação, você consegue se comunicar de forma mais direta com seu público ideal, atraindo-os de forma mais atrativa para etapa de aquisição.

Aqui, pensamos no tom de voz que será utilizado na hora de criar um anúncio de mídia, por exemplo. Aqui podemos utilizar estratégias de Inbound Marketing, oferecendo conteúdos de valor para que seu cliente se sinta atraído e entenda mais sobre o problema que sua empresa é capaz de resolver.

RENTABILIZAÇÃO
Depois de atrair e converter clientes, precisamos ganhar dinheiro com eles. É hora de fazer o investimento todo valer a pena.
Aqui, buscamos alternativas para conseguir um aumento considerável do ROI (Retorno Sobre o Investimento). A ideia é conseguir fechar vendas com o máximo de pessoas que foram convertidas. Vale lembrar que, é considerado uma conversão quando o cliente entra em contato com sua empresa, ou responde um primeiro contato seu.

Isso leva tempo e não precisa acontecer, necessariamente, logo em seguida a conversão. É importante ressaltar, principalmente, que se a estratégia escolhida foi Inbound Marketing, o lead precisa ser aquecido com conteúdos de valor e, dependendo da sua jornada e interação com os conteúdos, você terá ideia se ele está pronto ou não para finalizar uma compra.

RETENÇÃO
Por muito tempo as empresas subestimam essa etapa. Com a transformação digital, o cliente ficou mais exigente e informado, então se ele não gostar de algo, ele irá trocá-lo pelo seu concorrente. Por isso, essa etapa se faz tão importante.

Dentro do gerenciamento de ciclo de vida do cliente, a etapa de retenção é muito importante, pois já imaginou se cada venda fechada não tivesse volta do cliente? Sai muito mais caro conquistar novos clientes, do que reter os que já conhecem sua empresa.
Esse é o momento de criar um relacionamento mais próximo com eles, incentivando-os a retornar mais vezes. Aqui trabalhamos um reforço de marca, para que sempre que eles precisarem de algo relacionado a sua empresa, você seja sempre lembrado por primeiro.

RECUPERAÇÃO DE CLIENTES
Essa é outra fase essencial no ciclo do cliente, já que nem sempre todos os esforços realizados na fase anterior garantem que o cliente volte a comprar de você. A Churn Rate é uma realidade para todos, porém, isso não significa que devemos aceitar e não fazer o máximo para reduzi-la.
Churn Rate é o quanto a empresa perdeu de receita ou clientes dentro de um período.

O processo de recuperação começa com os feedbacks. É importante questionar seu cliente, porque ele não gostaria de comprar novamente com sua empresa. Foi por conta da demora em atender seu pedido? Qualidade do produto? Atendimento? Esse feedback é importante para que você possa se preparar e evitar que mais clientes deixem seu negócio.

Quando as melhorias forem feitas, você pode entrar em contato com esse cliente novamente e tentar conquistá-lo através de condições especiais e benefícios exclusivos.

Entender o ciclo do cliente garante que suas estratégias sejam mais efetivas, conquistando e fidelizando ainda mais pessoas para o seu negócio. Existem plataformas de CRM que ajudam você a mensurar e entender a fase do relacionamento da sua empresa com cada cliente.
A Jobs X trabalha com ferramentas e estratégias que são baseadas em cada fase do cliente, garantindo mais resultados para seu negócio e levando seus números além. Ficou interessado? Entre em contato e conheça nosso time de especialistas.

Qual a importância de investir em mídia online?

Mídia online é um dos ramos do marketing digital...

O que é ciclo de vida do cliente?

O ciclo de vida do cliente é algo que...

Fique por dentro do nosso mundo X